Como estimular o aprendizado do seu bebê

01/02/2017

Blog Primeiros Passos

Como estimular o aprendizado do seu bebê

Olá!

Fevereiro chegou e traz a nossa programação de posts ao normal! Esse mês é muito especial para mim, pois é o mês do meu aniversário (eeeeh!), então prometo que vou fazer posts bem bacanas falando sobre festinhas (inclusive a da minha filha que foi em dezembro e prometi mostrar toda a decoração que eu mesma fiz). Além disso, tem Carnaval e 4 dias inteiros para curtir a folia (ou a preguiça) com a família, e claro que vou aproveitar para dar dicas de passeios, bloquinhos e fantasias pra vocês! E por último, e não menos importante, o Blog completa 1 aninho de vida!! (na verdade foi em Janeiro, mas como estava off, vamos considerar a comemoração em Fevereiro, ok??) Então vou caprichar muito em todas essas datas especiais para vocês!! Vamos lá?

Hoje vamos falar sobre estimular o aprendizado do bebê. Sabemos que a mente dos nossos pequenos é um livro em branco e que a cada dia é uma nova descoberta. Mas como podemos ajudá-los nessa busca pelo novo? Podemos estimular esse aprendizado? Aqui vão algumas dicas que vão te ajudar a estimular seu bebê com tarefas simples do dia a dia

1 - É bom acostumar seu bebê com uma rotina desde que ele nasce. Hora para dormir, mamar, tomar banho. Bebês gostam de rotina e criar uma rotina ajuda a formar uma sequência entre os acontecimentos diários. A rotina também está associada a hábitos saudáveis como ter 8 horas de sono por noite e comer bem.

Fonte: Freepik
Fonte: Freepik

2 - Bebês começam a perceber as cores a partir dos 3 meses, por isso use e abuse de brinquedos muito coloridos e com cores contrastantes. Com 2 anos ele já vai perceber a diferença nas cores e você pode aproveitar para ensinar seus nomes. Para isso diga: "Pegue o livro amarelo" ou " O morango é vermelho" e vá introduzindo o aprendizado no dia a dia.

3 - É importante incentivar a leitura desde cedo. Bebês com 3 meses já podem brincar com livros de banho, com 6 meses os livros de pano farão muito sucesso. Aproveite para contar histórias, capriche na entonação dos diálogos, mostre as figuras dos livros, estimule a imaginação do seu filho. São pequenos hábitos que farão muita diferença no futuro.

Fonte: Freepik
Fonte: Freepik

4 - Estimule a memória do bebê. Converse com ele, mostre os objetos e repita o nome algumas vezes. Quando estiver na rua ou fazendo um passeio aponte para as mais diversas coisas que encontrar e diga: "Olha uma árvore". Aos poucos seus filho vai guardando na memória e construindo associações. A partir de um ano, ele já vai conseguir falar algumas palavras e repetir as que você ensinou.

5 - Ensine seu filho a guardar os brinquedos. A partir dos dois anos, ele já consegue guardar os brinquedos em seus devidos lugares, com isso ele desenvolverá o senso de organização.

6 - Ensinar ritmo para o bebê é um bom jeito de ajudar a desenvolver a coordenação motora. A partir do sétimo mês, bata palmas para ele. Acompanhe uma música com as palmas e mostre a diferença entre músicas calmas e rápidas, para que ele perceba. Em pouco tempo, seu bebê vai aprender a bater palmas e vai se divertir junto com você.

Fonte: Freepik
Fonte: Freepik

7 - Aos 14 meses seu bebê já vai saber segurar um lápis. Aproveite e ensine-o a rabiscar, mostrando que ele não deve ultrapassar os limites do papel. Assim ele vai aprender a ter noção de espaço.

8 - É normal bebês se assustarem com barulhos altos como o de um trovão. Esses sons fazem parte do ambiente que vivemos e aos poucos é preciso ensiná-lo a conviver com eles. Para isso, mostre o que causou tal barulho e explique o porquê do som tão alto.

9 - Aos 7 meses, o bebê começa a sentir medo na presença de estranhos. Aos 8 meses, começa a temer quando os pais não estão por perto. Ao 9 meses, sofre com o medo da separação. É importante mostrar para o bebê que mesmo que você saia para trabalhar (ou fazer qualquer outra coisa fora de casa) você vai voltar. Utilize um bicho de pelúcia ou uma naninha como objeto de segurança, assim toda vez que ele estiver com esse objeto, ele ficará mais tranquilo.

Fonte: Freepik
Fonte: Freepik

Deixe de lado todas as listas de capacidades que seu filho deve desenvolver e brinque com ele. Estabeleça sempre contato, pois não há forma de estímulo melhor do que essa. São nas tarefas do dia a dia, que acontecem os aprendizados. Não precisa investir rios de dinheiro em brinquedos caros. A criança precisa se sentir protegida e confiante, assim ela estará sempre crescendo e aprendendo. Aproveite ao máximo cada fase, brinque e se divirta com seu pequeno!